Como começar a fazer a Gestão de SST do Zero

Imagine que você foi recém contratado, seja como celetista ou como um prestador de serviços para implementar a Gestão de SST de uma empresa. Por onde você começaria? Qual seria a sua primeira atividade?

Esse é um questionamento muito comum, que em algum momento, ou diversas vezes você já pensou a respeito.

Para compartilhar com vocês, iniciei recentemente um novo contrato de prestação de serviços, no qual meu objetivo é fazer a Gestão do FAP, entretanto, o FAP é o resultado de diversos requisitos da Gestão de SST.

Desta forma, preciso melhorar a gestão de SST deste meu cliente, afinal, foi para isso que me contrataram.

E você sabe qual vai ser a minha primeira atividade?

Vai ser uma reunião de alinhamento com a diretoria administrativa e com o SESMT.

E você sabe por onde vou começar?

A minha primeira atividade será fazer um diagnóstico da situação atual. Afinal, se eu não souber onde estamos, como vou estabelecer o norte para onde iremos?

E para fazer o diagnóstico da situação atual, eu vou solicitar a empresas as seguintes informações:

1 – Relatório de acidentes de trabalho (2018-hoje)
2 – Relatório de atestados (2018-hoje)
3 – Relatório de afastamentos (2018-hoje)
4 – Relatório de insalubridade (Nome empregado, cargo/função e lotação)
5 – Relatório de periculosidade (Nome empregado, cargo/função e lotação)
6 – PPRA, PCMSO, LIP e LTCAT vigente
7 – Ações trabalhistas com pautas de SST (2018-hoje)
8 – Relação de funcionários por CNPJ (CNPJ, Nome do funcionário, cargo/função e lotação)
9 – Relatório com folha de pagamento mensal (Base de contribuição Previdência, RAT, FAP)
10 – Um contrato vigente (se possível com a contratante mais burocrática)

E, com isso, eu terei subsídios para saber a situação atual da empresa, onde estão os maiores problemas, e vou conseguir estabelecer as prioridades e um plano de ação, visando melhorar o desempenho de SST da empresa.

E note que aí a minha atuação não será pautada em apagar incêndio. Não irei realizar atividades sem senso de importância, não deixarão de me consultar ou pedir minha participação em outros projetos importantes.

Pois os tomadores de decisão da empresa verão o quão importante é a área de SST e como ela influencia nos resultados globais da empresa.

E aí, concorda com meu ponto de vista? Discorda? Fique à vontade para deixar aqui seu comentário a respeito, independente da sua visão.

E se julgar que o conteúdo foi relevante e importante, que pode ajudar outros profissionais, não deixe de curtir e compartilhar para que possamos atingir um maior número possível de profissionais 😉

Um forte abraço e até a próxima.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos Relacionados

Esteja antenado às novidades do SST

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Nossos Cursos

Mentoria FAP Expert

chegou a hora de você Dominar de uma vez por todas A gestão do FAP e sua carreira como Profissional de sst.

Mentoria GRO e PGR

Torne-se um profissional de SST valorizado no mercado, cobiçado pelas empresas e melhor remunerado em