SST no eSocial 2020: quais informações serão enviadas pelos empregadores?

Depois de tantas indas e vindas, parece que 2020 será o ano da implantação dos eventos de SST no eSocial. Por outro lado, ainda resta saber quais informações serão exigidas no novo sistema.

Enquanto alguns acharam que o projeto iria acabar em 2019, as notícias divulgadas pelo Governo mostram que o eSocial está mais firme e forte do que nunca.

Entretanto, alguns entraves ainda precisam ser contornados para que os novos leiautes sejam divulgados.

Por que o eSocial quase acabou?

No primeiro semestre de 2019, quando entrariam em vigor os eventos de folha de pagamento para empresas do Grupo 2,  empresários e entidades de classe começaram a aumentar o tom das críticas ao eSocial.

O  secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Alexandre da Costa, afirmou que o eSocial era complexo e “socialista”.

O novo Governo, que foi eleito com discurso reformista, ouviu o apelo de empresários e entidades e decidiu acabar com o eSocial e transformá-lo em dois sistemas diferentes.

No começo de Julho de 2019, o secretário Especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, disse que o eSocial seria substituído por outros dois outros sistemas mais simples: um da Receita Federal e outro de Trabalho e Previdência.

O novo Governo desconhecia completamente o projeto do eSocial. Este desconhecimento aliado à pressão de entidades levou ao anúncio do fim do projeto.

Mais tarde, ao conhecer melhor o projeto, o ministro Paulo Guedes decidiu dar continuidade ao eSocial.

Impasse na Receita Federal

A Receita Federal, que antes liderava o projeto do eSocial, havia perdido comando do projeto no final do primeiro semestre.

Este foi um dos motivos que levou a Receita a decidir criar um sistema só pra eles.

No entanto, o objetivo do eSocial é a simplificação e centralização de obrigações. Não fazia sentido prestar informações para dois sistemas diferentes.

A criação de dois sistemas diferentes vai de encontro aos objetivos iniciais do projeto.

Segundo a Receita Federal, o Governo perderia arrecadação se fosse mantido um sistema unificado.

Esta afirmação soa um pouco estranha, afinal,  foi a própria Receita quem decidiu criar um sistema único, envolvendo também as pastas do Trabalho e Previdência.

Cronograma começa em setembro

No final do ano passado, às vésperas do Natal, foi publicada a Portaria 1.419, com o novo cronograma dos eventos de SST no eSocial.

A prestação das informações dos eventos S-2210, S-2220 e S-2240, relativos à Saúde e Segurança do Trabalhador – SST, deverá ocorrer conforme cronograma a seguir:

Este é o cronograma atual de implantação de SST no eSocial. E após tantos adiamentos, esperamos que seja também o cronograma definitivo \0/

Concluindo

A qualquer momento podem ser publicados os leiautes do Novo eSocial.

O Governo precisa publicar ainda nesses primeiros meses do ano, só assim os empregadores e empresas de softwares terão tempo para adaptar os sistemas para a entrada em vigor dos eventos de SST.

Nesse primeiro momento, serão exigidos somente os eventos S-2210, S-2220 e S-2240. A parte trabalhista de SST deve ficar para um segundo momento.

As NRs estão em fase de mudanças, somente após a consolidação dessas alterações é que as informações trabalhistas de SST poderão ser incorporadas ao novo sistema.

Embora o Governo já tenha divulgado quais eventos de SST serão exigidos à partir de 8 de Setembro de 2020, ainda não sabemos quais informações serão exigidas em cada evento.

Eu acredito que os eventos S-2210 e S-2220 não sofrerão grandes alterações em comparação com a última versão dos leiautes disponível no portal do eSocial na internet.

Por outro lado, o evento S-2240 deve sofrer algumas simplificações. A tendência é que a tabela 23 seja reduzida restringida aos agentes nocivos do Anexo IV do  Regulamento da Previdência Social – RPS.

Todavia, precisamos aguardar até que sejam divulgados os novos leiautes. Só assim, saberemos o tamanho da parte de SST no Novo eSocial.

Esperamos que estas informações sejam divulgadas em breve!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos Relacionados

Esteja antenado às novidades do SST

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Nossos Cursos

Meteórico GRO e FAP

Chegou a hora de você ter seu trabalho de SST visto como um investimento e ser muito bem pago para isso ​

PCMSO da nova SST, com Dr Rafael calixto

Aprenda TUDO que você precisa saber da NR-7 na nova SST com exemplos práticos, ferramentas e estudos de caso, e também como a gestão do PCMSO se adequa ao PGR e eSocial!

Mentoria FAP Expert

chegou a hora de você Dominar de uma vez por todas A gestão do FAP e sua carreira como Profissional de sst.

Mentoria GRO e PGR

Torne-se um profissional de SST valorizado no mercado, cobiçado pelas empresas e melhor remunerado em